Novo generalista só se for emitido pela TDT

Augusto Santos Silva foi um dos convidados do “Prós e contras” sobre “A televisão em Portugal”Ana GasparA criação de um novo canal de televisão generalista só será equacionada no âmbito da Televisão Digital Terrestre (TDT). A garantia foi dada pelo ministro dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva, no programa da RTP1, “Prós e contras”, de anteontem sobre “A televisão em Portugal”.
De acordo com o responsável pela Comunicação Social, o espectro radioeléctrico, que actualmente transmite a RTP1, RTP2, SIC e TVI, não comporta a emissão de outro canal em sinal aberto. E só depois de se saber qual o espaço deixado vago pelas transmissões dos actuais generalistas, na emissão digital terrestre, é que poderá ser equacionada a criação de novos canais.O governante lembrou ainda que só após a aprovação pela Assembleia da República da proposta de Lei da Televisão – que será apreciada pelo Parlamento no próximo dia 30 – é que se poderá avançar com o projecto da TDT, cuja consulta pública deve avançar em Abril.

Toda a notícia no Jornal de Notícias.

Advertisements

Comente este artigo

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s