Email como ferramenta de comunicação online

Apesar dos prognósticos de 2010 de Sheryl Sandberg, Directora Executiva do Facebook, terem alguma validade quando indica que “os jovens preferem as redes sociais e as SMS para comunicar, e apenas uma pequena parte continua a usar serviços de email actualmente”, a verdade é que o email está vivo e continua a ser o principal meio de comunicação para a maioria dos utilizadores da Internet, sendo a primeira opção para comunicações comerciais. Em termos de comunicação pessoal, a preferência recai no telefone mas o email mantém-se como o principal meio escolhido para a comunicação online em todas as faixas etárias, à excepção dos jovens entre os 18 e 29 anos.

Segundo um estudo da agência Merkle87% dos utilizadores da Internet continuam a utilizar diariamente o seu email pessoal, dentro deste número 60% dos que tinham uma conta separada de email, para acesso a comunicação de empresas, também a verificavam diariamente. Estes números não têm sofrido grandes mudanças nos últimos anos.

De salientar que, segundo o mesmo estudo, os utilizadores de redes sociais têm maior probabilidade de verificar o e-mail 4 ou mais vezes por dia do que outros utilizadores de Internet e são também aqueles que menos respondem não verificar o email com frequência.

Ainda assim, nota-se um decréscimo no tempo passado no email relativamente a todas as faixas etárias abaixo dos 55 anos, com a utilização do email entre os jovens dos 12 aos 17 anos a atingir a queda máxima, descrescendo em 59%, segundo o relatório da comScore “2010 U.S. Digital Year in Review”.

Hoje os internautas possuem inúmeras formas de se comunicar através da rede, sendo que podem fazê-lo por meio dos computadores, dos telefones celulares, das mensagens instantâneas ou das redes sociais. O declínio no uso do email é só uma prova dessa nova dinâmica, onde impera a comunicação sob demanda e atendida por diversas opções”, indica Mark Donovan, vice-presidente de mobile da comScore.

O acesso ao email está então a decrescer em termos de utilização para assuntos pessoais (ainda assim mantém-se como o principal meio de comunicação online) e está a aumentar para assuntos profissionais, estando também a crescer o acesso a esta ferramenta através de dispositivos mobile.

Fontes: eMarketer, Web Marketing Tuga e tec.com.pt

Nota: os estudos indicados referem-se ao mercado norte-americano.

Anúncios

Comente este artigo

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s