TVI 24 – Uns meses depois

Tenho de admitir que a minha opinião já mudou um pouco sobre este canal. Tem alguns programas interessantes que ainda só assisti breves momentos e tem um jornal das 21h00 que é um jornal normal e não um comentátio como o da SIC Notíciais (percebo que faça sentido esta escolha do canal de notícias da SIC mas, para quem, como eu, ainda não viu nenhum jornal, prefere ouvir as notícias do dia).
Claro que, ao chegar a csa, o que ligo é a SIC Notícias… qualidade ou hábito? Acho que um pouco de ambos…

"Young CSI"

“Young CSI” promovido pela be Active em Nova Iorque. A produtora tenciona apresentar o formato também aos canais portugueses.

A notícia completa no Jornal de Notícias

Os Melhores programas de TV portugueses

«A PFtv inspirou-se na revista Time para colocar uma questão aos portugueses: dos 50 anos de televisão pública e 15 de televisão privada (incluindo 13 de cabo), que programas podem ser considerados os 50 melhores programas de televisão portugueses?

Estamos interessados em formatos específicos de programas e, por isso, excluímos os noticiários e notícias e reportagens em directo.

Faça a sua lista com o mínimo de 10 títulos, explique porque é que cada um deles é uma produção a destacar, envie-no-la para este e-mail e junte-se à discussão

O objectivo é estabelecer um fórum público onde se possa discutir a qualidade da produção televisiva nacional e, por outro, repensar o papel e o lugar da televisão na vida pública portuguesa, principalmente neste tempo em que aquela está em diálogo permanente com a Internet.

Não é uma votação. O que queremos é identificar 50 programas de produção portuguesa que sejam considerados importantes pelos espectadores e, no caminho, discutir os caminhos da televisão portuguesa. Aceite o desafio – envie-nos a sua opinião.

A "Caixinha Mágica" apoia esta petição.

Já assinei a petição.

Eu concordo que não é rentável exibir uma série antes das 23h00 pois ainda muitas pessoas neste país são iletradas. É preciso lembrarmo-nos que muitas gente não sabia e que muitos que sabem não conseguem acompanhar a velocidade das legendas.

Mas a partir das 23h00 a maior parte das pessoas desliga a televisão pois tem de trabalhar no outro dia. Assim sendo, penso que é um horário onde podem ser exibidas boas séries e não nas madrugadas.

Post original sobre a petição no blogue Hotvnews

P.S. – Eu nem vejo esta série mas via outras na TVI e na SIC que passavam por estes problemas. É preciso alertar os senhores programadores que há gente neste país que não gosta só de novelas (e atenção! eu até gosto bastante de novelas mas também gosto de séries de qualidade) a HORAS DECENTES!

Alguém reparou que…

se tem ouvido falar muito pouco no regresso do “Smackdown” a um canal de sinal aberto, desta vez, na TVI?

Pois é, quando o programa de wrestling integrou a grelha da SIC, muitas vozes se levantaram contra este conteúdo ser exibido no daytime, mais propriamente, numa tarde de fim-de-semana.
Agora, a TVI vai lançar o mesmo produto e não se ouvem vozes contra as lutas que outrora se falava que podiam induzir as crianças à violência.

(O segundo artigo levanta os dois lados da questão mas claramente prevalece o da diversão).

Concordo plenamente que o wrestling em canal aberto não faz mal a ninguém. Eu via luta livre quando era mais pequena e gostava bastante. E o facto de ver nunca me influenciou em qualquer decisão nem nunca fui violenta.

Na minha opinião, o caractér de cada um, a educação que recebe e o acompanhamento que tem em casa é que ditam se uma pessoa é ou não violenta. Apesar de tudo isto, quem tem carências a este nível, pode sempre aprender com a vida que a violência não leva a lado nenhum!

De qualquer forma, o motivo que me levou a escrever foi a estranheza com a diferença de tom e até a quase falta de vozes que se levantaram agora. É verdade que isso pode mudar assim que o programa for exibido no dito canal.

Mas que me parece algo estranho ter havido tanto barulho com a SIC e tão pouco com a TVI (pelo mesmo produto), isso parece…

E eu nunca fui de desconfianças ou de achar que algo estava atrás de algo mas este pormenor sobre o wrestling deixou-me a pensar.

O melhor e o pior de Julho

Melhores programas:
– Volta a Portugal (RTP 1)
– Amazónia (SIC)
– Nip/ Tuck (TVI)

Piores:
– Paixões Proibidas (RTP 1)
– Floribella (SIC)
– Fiel e Infiel (TVI)

segunda a Associação Portuguesa de Telespectadores (ATV) que advertiu ainda a RTP para a necessidade de outras opções de serviço público.

fonte: Correio da Manhã

Comentários:
A “Volta a Portugal” é sempre serviço público: são as nossas terras, alguns atletas nossos…enfim, teria que ser transmitido.
Amazónia” é uma série muito boa que retrata um período importante na história do Brasil. Numa altura em que tanto se houve falar na floresta da Amazónia, não faz mal que se compreenda um pouco melhor a sua história. Quanto à estória em si e aos actores, estão muito bem. Só tenho pena de já ter perdido muitos episódios…
Quanto a “Nip/Tuck“, só vi alguns episódios e não gostei. Porque não gosto da futilidade que leva as pessoas a agir de determinada maneira. No entanto, a série parece-me bem construida e mostra o mundo fútil que rodeia as escolhas de uma cirurgia plástica, sempre que esta não seja fisicamente necessária.

Paixões Proibidas” foi uma telenovela que acompanhei (acompanho?) muito pouco mas que me pareceu ter alguma qualidade. Acho que o problema aqui foi o erro de tentar chamar ao lado da nudez…tal como em “Jura” não resultou bem. Podia ter-se feito algo com mais qualidade mas a verdade é que tendo como “sócia” a Band que não é serviço público…seria dificil chegar a um consenso diferente do resultado que temos.
Floribella” não sei se é assim tão mau. É um produto que, em termos de audiência, se encontra esgotado mas não sei se chega a ser um produto mau. Perdeu um certo encanto com a morte do principe mas enfim…talvez o pior da SIC seja mesmo a enchente de novelas antes e depois do telejornal (eu gosto bastante de telenovelas mas a verdade é que no daytime e no primetime a SIC é quase monotemática – e não é a única!)
Fiel e Infiel” é um progrma que vi algumas vezes e considero-o, simplesmente, abominável…não sei porque ainda o temos na nossa televisão!

Comentem também e deixem as vossas opiniões.

Revista de Imprensa de 8 de Maio de 2007

“Irmãos e irmãs” junta elenco experiente (JN)
() A estação ABC optou por colocar a série, recorrentemente citada como possuidora de um elenco de luxo, no horário mais rentável da televisão norte-americana no serão de domingo, logo a após “Desperate Housewives”. ()

“Tardes da Júlia” está a aproximar-se de “Contacto” (JN)
() A concorrência nas tardes tornou-se mais aguerrida, ficando, para já, a perder “Portugal no Coração” da RTP 1. ()

MTV Portugal no telemóvel (Breafing)
A MTV Portugal lançou o seu novo site móvel, acessível em qualquer parte do mundo, a partir de qualquer rede. Está disponível em http://www.wap.mtv.pt/. ()

Primeiro filme português para telemóveis e Internet (Breafing)
As filmagens de Castigo Final, o primeiro filme concebido para telemóveis e Internet, da autoria da BeActive já está a ser produzido. ()

Aristides de Sousa Mendes homenageado no Canal História

«O Canal de História presta homenagem a Aristides de Sousa Mendes, uma das grandes figuras do panorama histórico e político nacional do século XX, com a estreia no dia 20 de Maio, às 21h, de um documentário que reconstitui a sua vida.»

A notícia completa no Jornal Briefing (04.05.2007)

"Sucesso.pt"

«Após ter iniciado, há uma semana, a segunda série, o programa de economia “Sucesso.pt”, da SIC Notícias, que trata de histórias de êxito empresarial, vai ter, a partir de hoje, uma versão em livro, que será acompanhado por um DVD.
Luís Ferreira Lopes, editor de Economia da SIC, também responsável pelo programa que vai para o ar aos sábados (10.30 horas), explicou que “as reportagens televisivas foram adaptadas ao formato livro”. Já o DVD, que é uma oferta, é de facto um ‘best off’ (o melhor), com cerca de um minuto e meio de cada um dos casos tratados na primeira série do programa.»

A notícia completa no Jornal de Notícias (03.05.2007)

Novo espaço sobre aventura

«O National Geographic estreia hoje uma nova rubrica que selecciona documentários dedicados ao espírito real da aventura. Intitulado “Nat Geo Adventure, o novo espaço , que passará a ser emitido às quartas-feiras , abrange temas tão variados como diários de viagens, desportos extremos e histórias pessoais.»

Toda a notícia no Jornal de Notícias (02.05.2007)